Extensão

2017

PROJETO INCLUSÃO DIGITAL

 CARGA HORÁRIA: 04 horas
DATA DE INÍCIO: 04/05/2017
DATA DE TÉRMINO: 31/12/2017
ALUNO: TODOS OS ALUNOS

Descrição/Justificativa

Vivemos em um mundo onde a tecnologia, está atuando de forma muito válida para ajudar na formação de conhecimento de um indivíduo na sociedade. Visando esse aspecto, a inclusão social, nos dias atuais, tem um papel fundamental. Um indivíduo que está excluído do meio digital, ainda que em conhecimentos básicos, é quase tão grave quanto o analfabetismo no passado. A inclusão digital é a democratização do acesso às tecnologias da Informação, um modo de educação não formal que visa permitir a inserção de todos na sociedade da informação. Um indivíduo incluído, digitalmente, não é aquele que apenas utiliza essa nova linguagem, que é o mundo digital, para trocar e-mails; mas, aquele que usufrui desse suporte para melhorar as suas condições de vida. É nesse contexto que o projeto encontra sua justificativa social, ao cumprir objetivos sociais da área tecnológica, através da inclusão digital da comunidade considerada e contribuir para o resgate e construção da cidadania e da sustentabilidade de seus membros. O projeto é uma parceria entre a Prefeitura de Rio do Sul, Instituto Federal Catarinense e PET Agroecologia.

Objetivos

  • Promover a inclusão social de pessoas excluídas digitalmente, utilizando as tecnologias da informação como instrumento de construção e exercício da cidadania.
  • Elevar em nível de empregabilidade do indivíduo atendido;
  • Elevar a autoestima da população atendida.
  • Instigar o indivíduo a buscar um novo conhecimento, através da era digital.

Como a atividade será realizada? (Metodologia)

A atividade será realizada 01 (duas) vezes por semana, no período da tarde, das 14:00 horas às 17:00 horas. Será realizada no espaço cedido pela prefeitura, em uma sala contendo 20 computadores. O publico alvo serão alunos das escolas municipais e estaduais do município de Rio do Sul.

PROJETO HORTOTERAPIA – CULTIVANDO COM MÃOS ESPECIAIS

 CARGA HORÁRIA: 04 horas
DATA DE INÍCIO: 01/08/2017
DATA DE TÉRMINO: 31/12/2017
ALUNO: TODOS

Descrição/Justificativa

Mais de um bilhão de pessoas em todo o mundo convivem com alguma forma de deficiência, dentre os quais cerca de 200 milhões experimentam dificuldades funcionais consideráveis. O município de Rio do Sul com população aproximada de 70 mil habitantes, registra segundo o Sistema de Informação da Atenção Básica do Ministério da Saúde aproximadamente 800 casos pessoas com deficiência, sendo que uma grande parcela dessa população vive realidade de graves carências sociais. A horta pode ser um dos meios que favorece a mudança de valores, atitudes e hábitos, não só dos alunos, mas também dos professores e de todos que estão envolvidos. A hortoretapia é um método que combina o aprendizado das plantas e o manejo do solo para cultivo de espécies na melhoria da qualidade do alimento.

Objetivos

  • Elaborar atividades da vida diária e de forma prática na área do meio ambiente, dando ênfase a agroecologia, auxiliando na autonomia e na independência de pessoas com deficiência intelectual e múltipla;
  • Despertar o interesse dos alunos para o cultivo de horta e conhecimento de práticas agroecológicas;
  • Dar oportunidade aos alunos de aprenderem uma forma de trabalho autônomo com o cultivo das hortaliças;
  • Levar a conscientização da importância de estar saboreando um alimento saudável e nutritivo através da agricultura orgânica e da agroecologia;
  • Degustação do alimento semeado, cultivado e colhido;
  • Criar, na unidade, uma área verde produtiva pela qual, todos se sintam responsáveis e satisfeitos;
  • Construir a noção de que o equilíbrio do ambiente é fundamental para o equilíbrio mental.

Como a atividade será realizada? (Metodologia)

O projeto que é uma parceria do IFC com a APAE, vai para o seu segundo ano consecutivo. A atividade será realizada 02(duas) vezes por semana, durante o período de 02 horas na horta localizada na APAE Rio do Sul. As atividades serão divididas em grupo e realizadas com supervisão dos Bolsistas PET, pelo Tutor e pela Professora responsável da APAE. Serão realizadas diversas atividades que envolvem uma horta, sendo tudo realizada com a filosofia da agroecologia.

PROJETO HORTAPOP

 
CARGA HORÁRIA: 04 horas
DATA DE INÍCIO: 01/08/2017
DATA DE TÉRMINO: 31/12/2017
ALUNO: TODOS

Descrição/Justificativa

Pessoas em situação de rua vivenciam inúmeras dificuldades. A mais evidente delas, a sua territorialização precária. A vulnerabilidade locacional sujeita o grupo às diversas dimensões de desamparo: desconforto face às intempéries; insalubridade; insegurança frente aos estabelecidos que lhes dirigem olhares de desconfiança. Assim, nasce mais um projeto de parceria entre a prefeitura de Rio do Sul, Instituto Federal Catarinense e PET Agroecologia, com ênfase na ajuda assistencial aos moradores de rua do munícipio através da agricultura. Dada às condições econômicas apresentadas pelos moradores de rua julgou-se pertinente realizar um projeto em que fossem complementadas as condições de alimentação dos participantes, bem como melhorar a qualidade dos hábitos alimentares, promovendo saúde e bem estar social.

Objetivos

  • Elaborar atividades da vida diária e de forma prática na área do meio ambiente, dando ênfase a agroecologia;
  • Despertar o interesse das pessoas para o cultivo de horta e conhecimento de práticas agroecológicas;
  • Dar oportunidade de aprenderem uma forma de trabalho autônomo com o cultivo das hortaliças;
  • Levar a conscientização da importância de estar saboreando um alimento saudável e nutritivo através da agricultura orgânica;
  • Degustação do alimento semeado, cultivado e colhido;
  • Criar, na unidade, uma área verde produtiva pela qual, todos se sintam responsáveis e satisfeitos;
  • Construir a noção de que o equilíbrio do ambiente é fundamental para o equilíbrio mental.

Como a atividade será realizada? (Metodologia)

A atividade será realizada 01 (uma) vez por semana, durante o período de 02 horas na horta do município de Rio do Sul, localizada na CASA POP. As atividades serão divididas em grupo e realizadas com supervisão dos Bolsistas PET, pelo Tutor e pelo responsável da CASA POP. Serão realizadas diversas atividades que envolvem uma horta, sendo tudo realizada com a filosofia da agroecologia. O projeto terá colaboração do curso técnico em Agroecologia através da Professora Flávia Queiroz.

 

Projetos de extensão executados pelos integrantes do PET

PITZ, J. W. GPS aos Índios. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

– Monitoria ao Curso Técnico em Agroecologia  IFC Campus Rio do Sul

Projeto de implantação de pomar orgânico de citros em Lontras -SC

BANNER Citros

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Dia de Campo Noz Pecan

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s